Hugo Jorge - Psicologia & Counselling - Maputo, Moçambique.
Formado em Psicologia. Life Coaching. Ludoterapia. Pós-graduado em Counselling. Portugal, Brasil, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Moçambique

12 Maio 2009

Lisboa, 12 Mai (Lusa) - A linha criada há um ano pela Associação Nacional de Professores (ANP) para apoiar vítimas de bullying (violência sobre alunos praticada pelos colegas) recebeu maioritariamente chamadas de mães e do distrito de Lisboa.

Durante o primeiro ano de funcionamento, em que teve um período experimental e alguns problemas técnicos para ultrapassar do ponto de vista operacional, a linha recebeu 10 contactos telefónicos, sendo a maioria (sete) feitos pelas mães das vítimas, seguindo-se os alunos que sofreram a agressão (dois), segundo dados facultados à agência Lusa pela equipa da Universidade Lusófona do Porto com que a ANP estabeleceu uma parceria.

Os contactos estabelecidos ocorreram não só para pedir apoio, mas também informação relacionada com este fenómeno.

 

***

 

Aqui em Moçambique ainda não ouvi falar desta questão, mas estou certo que existe.

 

 

publicado por Hugo Jorge às 22:46

Ha muito tempo tenho comentado, com amigos e familiares, o facto de não se dar a devida atenção a questão de violencia nas escolas. Quando falo de violencia na escola, refiro-me a todo o percurso de e para a escola.
posso afirmar categoricamente que, pelo menos nos tempos em que eu frequentava o nivel primario ate ao nivel basico(7,8,9 e 10), fui vitima directa e indirecta de variado tipo de violência.perdi muitos averes nas ruas de maputo, muitas vezes ate perdia vontade de ir pra escola, havia muita vergonha em relatar e denunciar actos de vandalismo praticados por individuos marginais que interferiam e saqueavam bens materiais, que muitas vezes nos eram oferecidos por tios, tias, irmàos, etc...
acredito que o fenomeno ainda existe e merece maior atençào das autoridades do pais.
Dica;porke não criar uma unidade de segurança especializada para guarantir a segurança no "caminho a escola".

saudações a todos.
A. Junior a 10 de Junho de 2009 às 21:21

Caro Junior,

Agradeço o seu comentário e partilha de experiência.
De facto este parece ser um problema quase ignorado.

Ao contar o seu caso estamos a dar voz ao problema e a tentar encontrar soluções.

A sua dica é muito interessante. Posso-lhe dizer que noutros países foi posta em prática e com resultados satisfatórios na prevenção de assaltos e outros abusos a estudantes.

Espero poder contar mais vezes com a sua visita.

Um abraço,
Hugo Jorge
Hugo Jorge a 16 de Junho de 2009 às 14:07

Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO